Hotnews

Telecardiologia do HCor completa 550 mil laudos

16 nov , 2017  

Share

O programa de Telecardiologia do HCor – Hospital do Coração chega à marca de 550 mil laudos de eletrocardiograma a distância emitidos às equipes de atendimento do SAMU e das UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) de todo o Brasil. Em média, são 15 mil exames analisados por mês. Em parceria com o Ministério da Saúde, o programa contribui significativamente com a melhora diagnóstica e a redução de internações de pacientes em casos de infarto e arritmias.

O diferencial do programa é a rapidez no atendimento. “A emissão do laudo em até dez minutos é considerada um indicador de boas práticas em cardiologia. Essa agilidade é fundamental para realizar um tratamento efetivo em tempo hábil, ainda durante o transporte à unidade hospitalar, garantindo um menor índice de mortalidade”, destaca o cardiologista Fábio Taniguchi, coordenador do Projeto Boas Práticas em Cardiologia e Urgências Cardiovasculares do HCor – Hospital do Coração.

O programa de Telecardiologia do HCor é um dos maiores do Brasil e representa um grande avanço na assistência médica cardiológica em unidades de saúde localizadas em áreas remotas ou de difícil acesso. “Com ferramentas tecnológicas portáteis, processos de trabalho e profissionais habilitados, oferecemos a oportunidade de otimizar, em tempo real, o atendimento à população que depende exclusivamente do SUS, conectando estas equipes aos profissionais do HCor”, comenta.

Transmissão de exames via celular

As unidades do SAMU são equipadas com um telefone celular e com um eletrocardiógrafo digital portátil, utilizados para o envio dos exames para a Central de Telecardiologia do HCor, em São Paulo. Os casos são analisados e discutidos por uma equipe médica do hospital, durante 24 horas por dia. Um laudo é emitido com a interpretação completa, retornando quase que imediatamente para a ambulância de origem, e oferecendo também ao médico do SAMU a possibilidade de discussão da melhor conduta terapêutica a ser adotada.

, ,


Deixe uma resposta